Olá amigos,

Como é bom ler opiniões e comentários sobre o meu livro! Hoje estou trazendo a resenha que a Mia fez do livro, eu amei!

Resenha feita por Mia Antiery – Blog Imaginemia

ADQS

Fabiana Cardoso

424 páginas

editora: MODO

ADQS é um livro surpreendente. Do tipo que te deixa sedenta por uma sequência. Nele conhecemos Cíntia que passa muito pouco tempo com essa identidade. Ela perde muito de sua vida após se envolver com um criminoso, mas a vida não é feita apenas de perdas. Quando ela pensa que tudo está perdido, Henrique entra em sua vida e oferece uma saída: entrar para a ADQS. Ao entrar para a organização ela conhece o amor nos braços de Caio e vive esse sentimento mesmo que isso signifique estar indo contra os regulamentos da organização e mesmo temendo as consequências dos seus atos.

 

– Preste bastante atenção! – Henrique assumiu um tom mais sério e lhe estendeu uma pasta.

– Daqui por diante você não é mais Cíntia Antunes. Ela morreu! Você receberá outro nome, outro endereço, outro trabalho… Mudará seus cabelos e se preciso for até a cor dos seus olhos!Não poderá se comunicar com qualquer pessoa que você conhecia antes e viverá onde a organização para a qual você irá trabalhar lhe indicar! Pag. 25

Não posso esquecer que depois de entrar na ADQS Cíntia se torna Thaís. E Thaís a cada missão se torna um personagem que passam de secretária à paciente mental. Cada missão deixa o leitor com o coração na mão, desesperado para que nada saia errado. É impossível não rir das “mancadas” da Bruna, não torcer por seu romance com Ed, não se envolver nos planos para capturar os bandidos. Cada página te envolve e transporta para junto dos personagens.

-Eu morava em Fortaleza. Uma vez fui presa na rua e o investigador me propôs que eu virasse informante da polícia para chegar aos chefes do tráfico e prostituição. Eu acabei aceitando e passava todas as informações sobre eles, mas não sei como o cafetão acabou descobrindo e foi até minha casa para me matar. O problema é que eu tinha um filho de dois anos. Quando eu percebi que ele estava em perigo me atraquei com o meu algoz e acabei o acertando com um tiro. O desgraçado morreu e eu fui presa. Meu filho foi para um abrigo e eu pedi ajuda ao investigador para o qual eu trabalhava. Ele me convenceu que o melhor para o meu filho era fazer um acordo com o Henrique. Pág. 94

Todos os integrantes da organização já tiveram um passado que os persegue mesmo após a mudança de identidade. No caso de Thaís sua irmã era seu único elo com o passado. Isso influencia em muito as escolhas dela.

Tenho que dizer que as vezes dona Dalva me parecia uma espiã contratada pela concorrência. Me diverti demais com ela, pois sabia muita coisa sobre quem entrava e saia do apartamento de Thaís. Quem sabe ela não seja recrutada pela ADQS futuramente?

A capa mostra muito da história. Foi muito boa a escolha da imagem.

Resumindo: este livro é bem mais que recomendado.

Bem legal! O interessante é que cada leitor aborda o livro de uma forma diferente e dá destaque ao trecho que mais chamou a sua atenção!

E agora a frase que o Igor Thiago deixou no Skoob e o trecho que ele gostou, enquanto lia ADQS:

“Estou amando o livro, muito bom” 

“Somos uma organização secreta que tem como principal objetivo resolver os casos que a polícia comum não consegue . Por isso a falsa identidade e os disfarces.” 

Abraços e até a próxima

Fabiana Cardoso

Anúncios